quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Correntes Comunicativas: Oralismo, Comunicação Total e Bilinguismo


Oralismo é uma corrente comunicativa muito utilizada na educação dos surdos no século XIX que perdurou até os anos 70. Consiste no ensino da língua materna através da imposição da oralização nos processos de aprendizagem do surdo. Dessa maneira, neste método é proibida qualquer manifestação que se diferencie da fala, como ocorre na comunicação gestual e na utilização de mímicas. Portanto, o surdo deveria utilizar a fala, os vestígios de audição remanescentes, e um comportamento semelhante ao do ouvinte para ser aceito socialmente e finalmente ser curado da surdez através da prática da fala.
Devido ao descontentamento referente ao uso do oralismo na educação dos surdos, mais tarde, surgiu a Comunicação Total, que consiste na utilização dos sinais, leitura orofacial, amplificação e alfabeto digital no ensino da língua materna. Sendo assim, nesta corrente comunicativa o surdo tem livre arbítrio para escolher qual manifestação de linguagem lhe é mais adequada para comunicar-se socialmente. Visto que esta foi uma corrente que abriu espaço para o que conhecemos hoje como língua de sinais, assim como a autonomia e independência do surdo e sua inserção na sociedade, contudo não foi completamente efetiva devido a superficialidade no ensino de uma ou outra forma de comunicação. Isto é, como o surdo poderia utilizar o mecanismo que mais de identificava ou mesclar duas ou três formas de comunicação, não conseguia se especializar e aprender de maneira profunda sobre alguma forma de linguagem específica.
Já a proposta de ensino bilíngüe contrapõe-se ao oralismo porque considera a comunicação visual e gestual prioritária no ensino da linguagem. E se diferencia da comunicação total, pois defende fundamentalmente a língua de sinais na educação do surdo, não misturando uma manifestação lingüística com a outra. Nesta corrente, ensina-se primeiramente a língua de sinais e secundariamente a língua dos ouvintes, que pode ser manifesta apenas em sua forma escrita.
A proposta de ensino bilíngüe traz como benefício a integridade da manifestação visual e gestual expondo a criança surda desde cedo a língua de sinais, aprendendo a sinalizar tão cedo quanto uma criança ouvinte aprende a falar. Assim como o aumento de sua capacidade e competência lingüística que o ajudará a aprender também a língua falada, tornando-o bilíngüe desde cedo, e também o aumento do desenvolvimento cognitivo-linguístico em iguais proporções ao da criança ouvinte, criando uma relação harmoniosa não só com a comunidade surda — forte identificação e melhoria da auto-imagem quando consciente do pertencimento a um grupo específico que possui suas maneiras de se comunicar e se relacionar através de língua própria.

Por _Berdusco

26 comentários:

  1. Muito boa sua abordagem sobre estes temas!!! Gostei, pude compreender melhor o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Musa.

      Espero ter ajudado. Esse tema é demais!

      Beijos!

      Excluir
  2. adorei , me ajudou bastante a compreender melhor as metodologias usadas para a comunicação do surdo da sociedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na prática, as três correntes ainda estão presentes na educação informal do surdo na modernidade.
      Mas o bilinguismo certamente é a maneira mais eficaz de inserir o surdo na cultura do ouvinte de maneira mais confortável, assim como ele se identifica na cultura surda por meio da língua de sinais.

      Excluir
    2. Adorei! Gostoso de ler, fácil de entender e de uma gentil preocupação no trato com o outro (surdo). Obrigada. BT

      Excluir
    3. Espero que tenha ajudado.
      Muito obrigada pelo comentário, BT!
      Volte sempre!

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Parabéns ao editor, tão simples e esclarecedor que nem parece artigo acadêmico, muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diomichu.
      O que me ajudou a escrever esses esclarecimentos sobre o tema foi a convivência com surdos que tive durante dois anos enquanto cursei Libras.
      Não existe nada melhor do que estar inserido na comunidade surda para compreender como funciona na prática a educação dos mesmos.

      Obrigada e volte sempre.

      Excluir
    2. Ola você poderia me ajudar tenho que faz um trabalho sobre surdos e to meio que perdida tem como você entre em contato comigo por favor
      lucarolsilva@hotmail.com

      Excluir
  4. Muito obrigado, me ajudou muito. O texto é muito esclarecedor, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Brian! Espero ter ajudado.

      Excluir
    2. Muito legal, obrigada por me proporcionar um texto tão íntegro e esclarecedor! Parabéns pelo seu talento, sucesso!!!

      Excluir
    3. Muito legal, obrigada por me proporcionar um texto tão íntegro e esclarecedor! Parabéns pelo seu talento, sucesso!!!

      Excluir
  5. Excelente artigo, direto, objetivo e explicativo.

    ResponderExcluir
  6. Eu precisava estudar para a prova da Faculdade de Pedagogia primeiro semestre e foi muito útil para mim parabéns pelo trabalho sucesso.Tatiani Magalhães Nogueira até mais eu vou ter que fazer um curso melhor de libras e bilinguismo e comunicação total beijos e abraços apertados valeu à pena

    ResponderExcluir
  7. Eu precisava estudar para a prova da Faculdade de Pedagogia primeiro semestre e foi muito útil para mim parabéns pelo trabalho sucesso.Tatiani Magalhães Nogueira até mais eu vou ter que fazer um curso melhor de libras e bilinguismo e comunicação total beijos e abraços apertados valeu à pena

    ResponderExcluir
  8. Curso o terceiro semestre de pedagogia e estava perdida nesse assunto.. Um super texto sucinto e claro.. Muito útil, obrigada. Parabèns

    ResponderExcluir
  9. MUito obrigada pelo esclarecimento. estou fazendo estágio em educação especial e estou acompanhando um surdo, é como vc citou eu aprendo com a língua de sinais e em troca procuro ajuda na língua escrita.

    ResponderExcluir
  10. MUito obrigada pelo esclarecimento. estou fazendo estágio em educação especial e estou acompanhando um surdo, é como vc citou eu aprendo com a língua de sinais e em troca procuro ajuda na língua escrita.

    ResponderExcluir
  11. Sou profissional de educação fisica tambem, mais ja estou concluindo outra formação, Baicharelado em Humanidades, estou nesta disciplina, (Libras I) estou adorando, lindo esse trabalho, parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Grata por me ajudar através de seu texto organizar minhas idéias!estou cursando Letras com libras e amo muito o curso, abraço!

    ResponderExcluir

"A primeira impressão é a que fica."
Deixe a sua, e por favor, sinta-se à vontade!

Total de visualizações de página